Arquivo da tag: Secret Entertainment

Sprague Dawley – “Missing Peace” (2017)

Após 3 anos do laçamento de “Remind Me”, seu trabalho de estréia, a banda está lançando o ótimo “Missing Peace”. Fundada em 2008, a Sprague Dawley faz um som vibrante que mistura elementos de Grunge, Pop e Hard Rock.

Com influências evidentes de bandas como Pearl Jam e InFlames, a banda não tenta reinventar a roda e acerta em cheio com músicas bem elaboradas e diretas.

A performance vocal se destaca durante a audição do disco, soando dramática (It Forever), sedutora (It’s Not Over), melancólica (Another Day) e também enérgica na maior parte do álbum.

Apesar de conter 12 faixas, não cansei de ouvir este álbum. Isso tudo por que a banda se mostra bastante harmoniosa. As influências de música pop e Rock tornam o trabalho viciante.

Quero destacar as faixas “Where The Hell”, “It’s Not Over” e a faixa título.

https://m.facebook.com/Sprague-Dawley-473123302747437/?locale2=pt_BR

Anúncios

Freedom Fuel – “Happy People” (2017)

Fundado em 2015 na cidade de Helsinki, o trio de Rock, Freedom Fuel disponibiliza através da Secret Entertainment, seu álbum de estreia nas principais plataformas digitais. Formado por músicos experientes da cena underground da Finlândia, o trio esbanja musicalidade e qualidade em um trabalho muito bem direcionado.

FREEDOM_FUEL_PR_7.JPG

As 10 faixas tem suas raízes no Rock e no Blues, resultando em uma mistura muito bem homogeneizada. O trio é bem elétrico e eclético, toda a experiência dos músicos se reflete nas composições, transmitindo uma sensação de que é tão simples e fácil fazer música de boa qualidade.

Gostei bastante desse trabalho, direto e despretensioso, divertido. Mostra que o trio tem personalidade e equilibra muito bem modernidade e alguns elementos setentistas.

A produção ficou por conta de Jukka Puurula, o qual fez um ótimo trabalho. Os 3 instrumentos conseguem se destacar muito bem cumprindo sua função, há uma densidade e peso que preenchem muito bem o panorama (a forma como o contrabaixo se destaca é algo que gosto muito).

Destaque para as faixas “Leave it Behind”, “Let Them Go”, “I Can’t Come”. Aliás, se você gostar da primeira faixa, com certeza vai apreciar o restante do álbum.

TAVASTIA_11117.jpg

RückWater – “Bonehead” (2017) – EP

Posso afirmar que a capa de “Bonehead”, o terceiro EP da banda e que será lançado pela Secret Entertainment, transmite muito bem o tipo de música feita pelo Rückwater, com várias faces e cores as quais convergem em uma única forma. O poderoso trio finlandês une o peso do Heavy Metal, a crueza do Punk e a flexibilidade do Rock Alternativo, tudo isso amarrado por um Stoner/Desert Rock cheio de energia e dinâmica.

RW_promo2.jpg

“Once More” inicia o Disco com um riff de Rock cativante e o título da faixa serve como um prenúncio, pois certamente você ouvirá esse disco mais de uma vez. Os vocais agressivos e arranjos transformam a faixa em um Southern pesado e encorpado.

“No Gain” tem uma energia Punk em seu arranjo, com vocais que misturam elementos de Rock Alternativo e linhas mais pesadas. Essa variação entre vocais suaves e pesados se divide entre o baixista Jussi Vehman e o guitarrista Make Makkonen.

A cadenciada “Labyrinth” é um Grunge mais direto, uma baladinha que vai evoluindo até ganhar peso vocal. Lembra um pouco o Guns N Roses.

“Super Frustation” é um Thrash com pegada Punk, rápida e direta. A faixa com duração mais curta.

A faixa título sintetiza bem a proposta da banda. Rock com sonoridade Stoner e bastante energia bem na linha do Rival Sons. Ela é bem cativante e envolvente, infelizmente é mais uma faixa curta

A última faixa é a que mais possui elementos de Rock Alternativo e também a mais longa, com vocais e arranjos cheios de elementos pertencentes ao gênero. Possui uma atmosfera inebriante guiada por um excelente trabalho de guitarra. Da metade para o fim ela é conduzida numa vibe psicodélica e finaliza o disco em grande estilo.

Certamente o trio do Rückwater é uma banda em ascensão que já possui experiência e maturidade em seu som para o lançamento de um Full Length.

Integrantes:

-Jussi Vehman – Voz e Baixo
-Make Makkonen – Voz e Guitarras
-Jape Makkonen  – Bateria